A Construção

Surgiu então a necessidade de construir núcleos habitacionais fora dos limites do Distrito Federal. Foi com esse espírito que surgiu a Cidade Ocidental, empreendimento erguido na fazenda Aracati de propriedade do Sr. João Batista, em 15 de dezembro de 1976. Nome herdado da construtora de propriedade de Cleto Meireles. Cleto usou recursos de divulgação bastante eficazes para a venda das primeiras casas. Divulgação maciça em rádio, TV e jornal. Meios usados em conjunto na época, apenas por grandes empresas.

No comercial veiculado na TV, no início da década de 80, um helicóptero sobrevoava as proximidades da Super Quadra 11, local onde havia o maior número de casas ocupadas. Via-se também o descampado onde se situaria a Super Quadra 17 e sua já conhecida caixa d’água. O comercial procurava mostrar as vantagens já existentes para o futuro morador, tais como rede elétrica, isenção de pagamento de taxa de água que perdurou até mais ou menos 1984, ônibus saindo para as principais cidades do DF à época (Gama, Plano Piloto e Taguatinga) e escolas de primeiro grau.

Com isso, as pessoas começaram a deixar as cidades onde já moravam, muitas em situação precária no DF, para vir em busca do sonho da casa própria. Houve uma época em que a cidade, devido à recessão econômica da década de 80, ficou praticamente vazia. Muitos moradores abandonaram suas casas, deixando assim, ruas inteiras com poucas famílias. Houve também uma série de despejos, resultado da falta de pagamento das prestações.

A construção das Super Quadras continuava. Depois da Construtora Ocidental, a Contrumat, outra Empresa de construção da cidade retomou os trabalhos. Sempre no final da tarde, vários caminhões carregados de peões que moravam em outras localidades, deixavam a cidade. Isso durou até que a última Super Quadra fosse construída.

Desmatamento da Cidade

Orla do Lago Ocidental

SQ 11 em 1977, com vista para a SQ 13.

Showroom na SQ 16. Protótipo das casas.

Anúncios

2 comentários em “A Construção

Adicione o seu

  1. Estou triste com o descaso das autoridades da nossa cidade a atual prefeita prometeu asfaltar todas as ruas do Remanso 1 e 2 e não cumpriu a promesa pagamos nossos impostos e merecemos viver com um pouco de dignidade,nossa comunidade é carente nossas crianças sofrem com a poeira e muita lama em periodo de chuva,até a companhia de energia nos abandonou a maioria dos poste as lâmpadas estão queimadas.O Remanso 1 e 2 pede socorro por favor chegar de demagogia,Ao novo prefeito que seja bem vindo e parabéns,a comunidade do Remanso 1 e 2 deseja aos novos vereadores uma otima administração.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: